PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    segunda-feira, 12 de agosto de 2019

    Com grande atuação de Thiago Galhardo, Ceará mostra poder ofensivo e vence Chapecoense por 4 x 1

    O grande desafio do Ceará para o jogo da 14ª rodada da Série A, com todo respeito à Chapecoense, era ele mesmo. Afinal, após uma vitória gigante no Clássico-Rei no sábado anterior, todas as ciladas estavam de prontidão no Castelão. A maior delas era o relaxamento após a vitória, devido ao tamanho do adversário e sua posição na tabela, ou seja, no Z4.


    Mas o Ceará fez uma partida ofensiva acima da média, mostrando um setor que se encaixa cada vez mais com o centroavante Felippe Cardoso, deslancha no 2º tempo e goleia o adversário por 4 a 1, para delírio da torcida alvinegra que compareceu em bom número ao Castelão.

    E, embora o Ceará tenha mostrado muito repertório no 2º tempo, com tabelas, chegadas rápidas ao ataque, ou seja, jogadas coletivas, o homem do jogo foi o meia Thiago Galhardo, com três gols.

    Foi com ele que a equipe começou a construir a grande vitória, com um gol de cabeça aos 50 minutos do 1º tempo, etapa muito equilibrada e sem predomínio de nenhuma equipe até então.

    No 1º tempo, com uma escalação com duas novidades - Cristovam no lugar do suspenso Samuel Xavier e de Wescley na função de Leandro Carvalho - o Ceará manteve uma postura semelhante à do início do Clássico-Rei, marcando em cima e com muita velocidade, mas as chances não apareceram.

    E defensivamente, o time sofreu mais que a média, pelos espaços nas duas laterais, com Cristovam na direita e João Lucas na esquerda.

    Mas o gol de Galhardo de cabeça, de puro oportunismo, na bola parada bem batida por Ricardinho, mudou o jogo. A Chape tinha que ir para cima no 2º tempo e, com a pior defesa da Série A, não deu outra: iniciou com mais um atacante em campo.

    Virou goleada

    O Ceará foi competente, soube criar jogadas em cima da fragilidade do time catarinense e ampliou logo aos 11 minutos, com belo gol de Felippe Cardoso após passe preciso de Lima: 2 a 0.

    A partir daí, a partida ficou à feição do Vovô, com espaço para Galhardo brilhar, com mais dois gols.

    Primeiro, o meia bateu um pênalti com categoria, sofrido por Cristovam, deixando o placar confortável.

    Depois, deu a tranquilidade à torcida alvinegra logo após o time sofrer um gol aos 43 minutos. No primeiro ataque após o gol do adversário, Felippe Cardoso serviu Thiago Galhardo, que chutou colocado, tirando com categoria do goleiro Tiepo.

    Com o placar elástico, um 4 a 1 mais do que merecido, a torcida do Ceará lavou a alma, cantando 'olé' até o fim da partida. É o retrato do momento do clube na Série A, conquistando sua 2ª vitória seguida e ocupando uma posição privilegiada na tabela, 'dormindo' em 7º com 20 pontos.

    A posição é 1ª das seis vagas de classificação para a Copa Sul-Americana, estando apenas uma do G6 da Libertadores. Mas o mais importante é uma campanha segura para a permanência mais um ano na Série A.

    DN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário