PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    quarta-feira, 25 de março de 2020

    Governo ainda tenta mudar BPC após derrota e propõe mais tempo de ajuda a informais no coronavírus


    O Governo Federal articula com o Congresso a aprovação de um projeto com novas regras para o benefício pago a idosos e deficientes carentes com medidas de proteção aos vulneráveis diante da crise do coronavírus. Entre as iniciativas, está a proposta do governo de dar R$ 200 mensais a trabalhadores informais prejudicados pela queda da atividade econômica. Esse auxílio emergencial poderá ser prolongado e durar mais do que três meses.


    O time do ministro Paulo Guedes (Economia) e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), buscam um acordo para tentar aprovar esse pacote no plenário da Câmara nesta semana. A ideia é aproveitar um substitutivo ao projeto de lei do deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG) que altera os critérios para que uma pessoa tenha direito ao BPC.

    A esse texto seria incorporada parte das medidas emergenciais para aliviar o impacto da crise do coronavírus na economia. O texto foi costurado a várias mãos. O governo está preocupado com a conta a ser paga pela ampliação do BPC, promulgada pelo Congresso, cujo custo é estimado em R$ 20 bilhões por ano. Segundo congressistas, com o acordo tentado pelo governo para novas regras do BPC, essa despesa anual extra pode cair para R$ 5 bilhões.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário