PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    26 de jun. de 2019

    Para bater recorde mulher que já tem 18 litros de silicone em cada seio vai fazer cirurgia para chegar aos 20

    Em 2017, Martina Big se envolveu em uma polêmica racial. Ela iniciou um processo para "se tornar africana". Na transformação, a modelo alemã viciada em bronzeamento fez tratamento com injeções de melanina para "virar negra". Martina também alargou o nariz e pôs grande volume de silicone nos seios. O resultado fez a alemã se declarar "de outra raça" e desejar viver na África "com o seu povo".

    A mudança não deixou Martina totalmente satisfeita. A alemã, de 31 anos, agora se prepara para chegar a 20 litros em cada seio - o que seria recorde mundial.

    "Nos próximos meses, passo a passo, irei chegar aos 20 litros. Tenho que fazer gradualmente para ver como o corpo reage, como a pele reage", disse a alemã, em reportagem do "Sun".

    Em maio, Martina foi submetida a procedimento cirúrgico para a troca das próteses. Elas são infladas com solução salínica através de válvulas sob as axilas.

    A primeira transformação de Martina foi para se tornar uma "Barbie humana". Aos poucos, a figura foi sendo novamente alterada até "se tornar negra". A alemã divulgou fotos de uma recente viagem que fez à Africa, onde foi até batizada por um pastor no Quênia. Agora, Martina se chama Malaika Kubwa, que significa Grande Anjo em suaíli.

    "Nós mudamos tanto que os médicos dizem que, se tivermos um bebê, ele terá a pele escura. É realmente fascinante", comentou a ex-comissária de bordo.

    De acordo com o Livro Guinness dos Recordes, os maiores seios artificiais do planeta pertencem à dançarina americana Maxi Mounds. Ela tem 18 quilos de seios.

    Meio Norte

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário