PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    segunda-feira, 26 de agosto de 2019

    Estudo alerta para uso de Ibuprofeno; substância aumenta em 31% o risco de parada cardíaca

    O uso da substância Ibuprofeno aumenta em 31% o risco de parada cardíaca, de acordo com um estudo publicado na revista especializada European Heart Journal nesta semana. O alerta do pesquisadores seguiu por outros fármacos do mesmo tipo, eles apontaram que anti-inflamatórios não esteroidais (AINE) apresentam um risco ainda maior.


    “Permitir que esses remédios sejam comprados sem receita e sem nenhum conselho ou restrição envia uma mensagem ao público de que não há dúvidas quanto a sua segurança”, afirmou Gunnar Gislason, participante da pesquisa, através de uma nota da Sociedade Europeia de Cardiologia. “Pesquisas anteriores mostraram que os AINE estão relacionados a um maior risco cardiovascular, algo que preocupa porque seu uso está muito disseminado”, completou o cientista.

    Para chegar aos resultados da pesquisa os estudiosos analisaram todas as paradas cardíacas registradas na Dinamarca entre 2001 e 2010. Eles ainda fizeram um levantamento sobre prescrições desses medicamentos desde 1995. Segundo reportagem do El País, durante o período estudado, 28.947 pessoas tiveram parada cardíaca fora do hospital no país. Foi constatado que 3.376 tinham tomado anti-inflamatórios não esteroidais 30 dias antes de dar entrada.

    A reportagem chama atenção para o ibuprofeno e o diclofenaco, medicamentos mais utilizados, e que cobriram respectivamente 51% e 22% do uso total. Em relação ao incremento do risco de parada cardíaca, o ibuprofeno foi responsável por 31% e o diclofenaco, 50%.
       
    Topbuzz

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário