PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    segunda-feira, 7 de outubro de 2019

    Festa de São Francisco das Chagas reúne um milhão de fiéis em Canindé

    A matemática é uma ciência exata. A religião, por sua vez, flutua no campo da crença. Muitas vezes é preciso crer no invisível, no impalpável. Em Canindé, porém, estas duas esferas antagônicas se unem para explicar, com cirúrgica precisão, a grandiosidade da festa de São Francisco das Chagas, padroeiro do Município. 


    Em dez dias de comemorações, a Paróquia Santuário de São Francisco estima que um milhão de pessoas tenham visitado a cidade neste período. São devotos movidos pela fé nutrida ao jovem italiano que abriu mão da riqueza para servir a Deus e cuidar dos pobres.

    Somente sexta (4), data do encerramento da festividade que neste ano teve por tema"Façam o bem: sejam meus imitadores como sou do Senhor", estima-se que 300 mil pessoas tenham participado da tradicional procissão com o Andor de São Francisco, iniciada às 17h15, seguida da bênção do Santíssimo. No meio desta multidão, estava Francisca Maria Justiniano que percorreu quase 800 km da cidade de Pedreiras, no Maranhão, até Canindé. "É longe mas a gente nem sente o cansaço", pontua a aposentada. A fé em São Francisco da Chagas, conforme relata, "começou antes mesmo do nascimento". Sua mãe, Antonieta, materializou a devoção do santo no nome da filha. "Ela me contava que Francisca foi uma homenagem ao São Francisco das Chagas. Então, crescendo naquele ambiente católico, conheci a história dele e herdei a devoção", explica a maranhense que há sete anos, desde que conquistou a aposentadoria, participa da procissão de encerramento.

    O Estado em que ela mora, inclusive, é um dos que mais enviam devotos para a cidade de Canindé, conhecida com a mais franciscana do Ceará. "Os nove estados do Nordeste se fazem presentes no Município, mas Piauí e Maranhão são os que enviam mais caravanas", destaca Jander Silva, assessor da Paróquia.

    Crescimento

    Desde a abertura oficial da festividade religiosa, ocorrida no último dia 24 de setembro, até ontem, foram realizadas mais de cem missas na Basílica e Igreja de Nossa Senhora das Dores, e nove procissões. Além da extensa programação religiosa, as comemorações deste ano superaram, em mais de 100%, o público registrado em 2008, quando a Paróquia contabilizou 400 mil católicos durante os dez dias de festa.

    "Até o fim do ano o número de visitantes deve seguir. A peregrinação não termina com o encerramento da festa de São Francisco", acrescenta Jander. A economia da cidade, neste último trimestre do ano, cresce em torno de 30%.

    DN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário