PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

    Família leva homem morto até seguradora para provar a morte de parente

    Uma família de KwaZulu-Natal (África do Sul) levou o cadáver de um parente a uma seguradora local nesta semana. A companhia se negava a pagar a indenização até que a morte do segurado fosse provada. 


    Então, Thandaza Mtshali e Ntombenhle Mhlongo levaram o corpo de Sifiso Justice Mtshali, morto aos 45 anos em 7 de novembro, a um escritório da Old Mutual. De acordo com a companhia, um problema na documentação a impedia de liberar o dinheiro para o sepultamento de Sifiso mais de uma semana após o óbito.

    "Não somos pessoas ricas. Somos pobres, e eles estão se recusando a nos pagar. Estamos arrasados. Estamos tentando (receber) há nove dias, embora eles tenham dito que resolveriam tudo em 48 horas", disse Ntombenhle à emissora News 24. As familiares tiveram ajuda de funcionários do necrotério da região e de uma empresa funerária para levar o cadáver à seguradora.

    Ao ver o corpo, a Old Mutual aceitou pagar a indenização. "Ele nos pagaram imediatamente". afirmou Ntombenhle. O corpo de Sifiso foi sepultado no quintal da casa da família. A empresa se desculpou publicamente pelo incidente e garantiu que continuará dando suporte à família de Sifiso.

    Meio Norte

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário