PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    10 de dez. de 2019

    "Plantel não correspondeu o que a gente imaginava", diz presidente do Ceará

    O presidente do Ceará, Robinson de Castro comentou na Rádio AM 810 Verdinha sobre a permanência do clube na Série A do Brasileirão após o empate por 1 a 1 com o Botafogo, nesse domingo (8). O dirigente do Vovô também criticou o quadro de atletas e afirmou que haverá renovação para que em 2020 os mesmos erros não sejam cometidos novamente.


    "Graças a Deus conseguimos nos manter na Série A, mas uma peleja, uma situação desconfortável para todo mundo. Toda a torcida sofrendo até o último minuto. Embora tenhamos feito tudo direito, pagando todo mundo em dias, até mesmo antes, mas o resultado não veio. Acho que o plantel não correspondeu o que a gente imaginava. Não sei como avaliar isso, se é perfil, se é característica, se é modelo de jogo ou se é uma coisa que a gente tem que avaliar com calma", afirmou o mandatário do Vovô.

    Chateado pelo time não ter sido aquilo que se esperava, Robinson criticou a temporada da equipe, mesmo com a permanência garantida.

    "É reconhecer um ano medíocre, na minha concepção. Um ano que a gente sai bem no final com a permanência na Série A. Nos dá uma nova oportunidade de recomeçar. Claro que com mais reflexão, mais absorção dos eventuais vacilos ou erros que são cometidos por todos, não só pela direção, atletas e comissão técnica, mas pelo conjunto da obra", disse o presdente. E continuou. "Reconheço que a gente deixou muito a desejar. Fizemos um primeiro turno razoável, segundo turno muito ruim. O time sem reagir, faltando brilho nos olhos, espírito, sangue. Agora é aproveitar e fazer uma repaginação".

    Afirmando que paga os funcionários em dia, o dirigente alvinegro falou que haverá uma mudança no estilo de atletas que serão contratados para a temporada de 2020 para que evite o mesmo sofrimento deste ano.

    DN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário