PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    13 de jan. de 2020

    Pesquisa revela que Brasil é o 3º maior consumidor de bebida alcoólica

    Muita gente sabe que uma pausa ou uma gole de bebida alcoólica ajuda e muito a desestressar, e por isso o Cuponation, plataforma de descontos online e integrante da alemã Global Savings Group, compilou dados sobre o alcance brasileiro e mundial da bebida alcoólica.


    Sabendo que as pessoas apreciam do álcool para tais fins, o Statista revelou em uma pesquisa recente que o Brasil está em terceiro lugar no ranking dos dez países que mais ingerem bebida com teor alcoólico, consumindo cerca de 14,04 milhões de litros por ano nos últimos dois anos.

    Na pesquisa, a China e os Estados Unidos estão posicionados em primeiro e segundo lugar, consumindo 54,29 e 30,5 litros por ano, respectivamente. A Espanha ocupa o último lugar da lista, com 5,14 litros/ano.

    A Vigitel realizou um estudo parecido no ano passado com todos os estados do Brasil, constatando que Salvador é a capital com maior índice de brasileiros que consomem bebida alcoólica (23,5%). Em contrapartida, Manaus é a capital que ficou em último lugar, com 13,8% da população ingerindo álcool.

    No Brasil, 100 milhões de pessoas bebem ou já beberam alguma bebida alcoólica, de acordo com o levantamento da Fiocruz. Destas, cerca de 7 milhões têm ou tinham menos de 18 anos quando experimentaram pela primeira vez.

    Além disso, a Organização Mundial da Saúde registrou que a média de consumo de álcool dos brasileiros é de 8,7 litros por pessoa, enquanto a média e todos os outros países é de 6,4 litros por pessoa, o que significa que a população brasileira gasta mais para relaxar mais - A Ambev, maior fabricante de cerveja da América Latina, por exemplo, registrou aumento de lucro de 44,9% em 2018 em comparação com o lucro do ano anterior. 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário