PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    13 de fev. de 2020

    Casal cancela casamento para ir à Argentina ver jogo do Fortaleza

    A história de Isabelle Beathris e Bruno Shelleider se resume ao desejo de todo louco por futebol: conhecer (e se apaixonar por) alguém que torça pelo mesmo time que o seu. O casal se conheceu em maio de 2015 durante uma caravana do Fortaleza em Juazeiro do Norte. E calhou do casamento ter de ser interrompido justamente por causa do Tricolor.


    Na época, o Tricolor estava vivendo o calvário da Série C do Brasileirão. Naquele dia, o Tricolor enfrentava o Icasa, na estreia da terceira divisão daquele ano. Foi quando a paixão deles pelo Fortaleza passou a ser dividida a dois.

    Com tudo muito rápido acontecendo, com dois meses Isabelle engravidou e o casal foi morar junto, criar o fruto de seu amor, o pequeno Kaique. Puxando a "genética" dos pais, o herdeiro do casal passou a ir ao estádio desde bem cedo e, com menos de dois anos de vida, viu de perto a saída do Leão da terceira divisão do futebol nacional.

    E depois de muita batalha em família e nas arquibancadas, vivenciando momentos de angústia ao lado do Leão durante os longos anos de Série C do Brasileirão, e de extrema felicidade com a saída do time daquele calvário, Bruno e Isabelle decidiram marcar o casamento.

    Após o duelo do ano passado pela Série A entre Vasco e Fortaleza, no Rio de Janeiro, o jovem resolveu pedir sua amada em casamento. E foi na cidade maravilhosa, aos pés do Cristo Redentor, que firmaram o noivado.

    O casamento de seus sonhos estava sendo preparado. Sob a luz do sol na praia, com familiares e amigos presentes. Buffet e bandas selecionados, palco e iluminação contratados. Tudo sendo planejado perfeitamente, mas sempre de acordo com cada evento relacionado ao Fortaleza, para não haver choque de data.

    "Do início ao fim, o casamento foi planejado de acordo com nossos sonhos. Até a data do casamento foi planejada para o fim de janeiro, porque no primeiro fim de semana de fevereiro seria o Clássico-Rei", conta Isabelle.

    Adiamento

    O dia de confirmar com o cerimonialista a data da celebração da união caiu justamente na mesma data em que o Leão conhecia seu adversário na Copa Sul-Americana, a primeira experiência internacional em torneio oficial de um time cearense. O casal descobriu que o time de seus corações iria viajar à Argentina para encarar o Independiente, em fevereiro.

    Foi então que tomaram a decisão: cancelar o casório e embarcar para o país vizinho junto do Tricolor de Aço. "Depois de praticamente mais da metade do casamento estar encaminhado, eu decido que acompanhar o Fortaleza seria mais importante", diz Isabelle.

    Após contar com a compreensão dos familiares, o casal decidiu cancelar o casório dos sonhos e optou pela união apenas no cartório, comemorando com os mais íntimos com um jantar. E cerca de duas semanas depois, partiram rumo a Buenos Aires.

    "Como no cartório não estava cancelado, nós casamos e fizemos um jantar com os padrinhos. E agora estamos aqui na Argentina, em busca de um resultado positivo", afirmou Isabelle.

    Apesar da desistência pela festa de casamento, Isabella afirma que um dia ainda irá realizar o sonho, mas que, por hora, a dedicação para acompanhar o atual campeão Cearense e do Nordeste é prioridade.

    "Meu sonho de casar não foi cancelado, sei que um dia ainda poderei realizar. Mas foi tudo adiado porque eu sou uma mulher sortuda que encontrou um homem que embarca em minhas loucuras e me apoia mesmo que seja para viajar para um país estrangeiro sem nem falar uma palavra do idioma", brinca a moça.

    Apaixonados pelo Fortaleza e confiantes na possibilidade de vencer os argentinos, Bruno e Isabelle são a prova de que nunca será apenas futebol.

    DN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário