PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    13 de mai. de 2020

    Boa Notícia: Governo diz que poderá aumentar ainda mais as parcelas do auxílio emergencial

    O governo federal estuda ampliar para além das três parcelas inicialmente estipuladas o vigor do Auxílio Emergencial.
    Membros da equipe econômica já admitem a possibilidade, a qual beneficiaria milhões de trabalhadores informais cadastrados do programa.

    Em Brasília, e equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro trabalha com duas hipóteses. A primeira é prorrogar o benefício por um período de dois a dois meses. A segunda alternativa seria a criação de um programa de renda básica, com expectativas de implantação após o término da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

    Nessa terça-feira (12), o Ministério da Economia de Paulo Guedes confrontou as declarações feitas pelo secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, Carlos da Costa, de que o auxílio emergencial tenha “vindo para ficar”, dando a entender uma prorrogação do calendário de pagamento.

    Apesar disso, fontes internas do governo federal reconhecem que a pasta está sofrendo forte pressão para que o cronograma de pagamento do auxílio seja estendido, uma vez que a situação econômica no país está longe de encontrar uma saída, tendo em vista a permanência da pandemia que continua a atingir diversos setores produtivos.

    Diante das incertezas frente ao atual panorama vivido no país, o governo está considerando com plausível a ideia de se estender para mais um ou dois meses o pagamento dos R$ 600. Com relação à renda básica após o pico da pandemia, a ideia ainda não é consenso nos bastidores do Ministério da Economia, e certamente será alvo de muitas discussões vindouras.

    1News

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário