PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    22 de mai. de 2020

    Ceará registra redução dos atendimentos de emergência em UPAs e hospitais, afirma secretário

    O número de atendimentos de emergências nas unidades de saúde no Ceará tem apresentado uma redução.
    A informação é do secretário da pasta, Dr. Cabeto, fornecida em coletiva de imprensa na manhã desta sexta-feira, 22. Segundo ele, a redução é resultado de medidas mais rígidas de distanciamento social, como o lockdown, e a melhoria dos protocolos nas unidades hospitalares, com a entrada da atenção básica para diagnósticos mais precoces e o aprendizado da unidade de saúde, baseado no cotidiano. Dr. Cabeto também disse que o Governo do Estado já estuda plano de flexibilização de atividades.

    "O que já estamos vendo é uma tendência à redução desse número, que estão entre 80 e 100 óbitos/dia, e uma tendência de redução do número de atendimentos nas emergências, tanto na área privada quanto na pública", afirmou o titular Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). Nessa quinta-feira, 21, o Ceará atingiu o recorde de 261 mortes notificadas em 24 horas. A secretaria explicou, entretanto, que o número não é concreto porque apresenta registros que estavam represados desde o fim de abril. Além do sistema, algumas unidades demoram a notificar o resultado dos exames ou confirmações das mortes. Segundo a Sesa, o problema será resolvido em breve quando for colocado uma parte específica com os óbitos acumulados.

    "Mesmo levando em conta a subnotificação, o que estamos vendo é uma estabilização do número de óbitos. Eles demoram um pouco a cair dentro de uma pandemia, porque temos um número de doentes crônicos internados", comentou o secretário.

    O Povo

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário