PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    11 de mai. de 2020

    Começa hoje 3ª fase da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe

    Durante a pandemia do novo coronavírus no Brasil, também acontece a Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.
    Já aconteceram duas fases desta campanha e a terceira fase, que aconteceria entre os dias 9 e 22 de maio, agora será entre os dias 11 de maio e 5 de junho, em razão do momento atual de propagação da covid-19 no País e do cronograma de entregas do laboratório produtor da vacina.

    A terceira fase da campanha será dividida em duas etapas. Na primeira etapa, que irá acontecer entre os dias 11 e 17 de maio, serão vacinados os grupos prioritários de crianças de seis meses a menores de seis anos de idade, pessoas com deficiência, gestantes e puérperas até 45 dias. Já na segunda etapa, que irá acontecer entre os dias 18 de maio e 5 de junho, serão vacinados os grupos prioritários de adultos de 55 a 59 anos de idade e professores das escolas públicas e privadas.

    A meta da terceira fase é a vacinação de 90% de cada grupo prioritário. No Ceará, isso corresponde a 1.499.494 pessoas. As doses da vacina estão sendo distribuídas de acordo com o envio do Ministério da Saúde. O objetivo é que as doses possam atender 100% da população alvo até o final da campanha. Na quarta-feira, 6, 50% da quantidade de doses necessárias para a terceira fase foi distribuída entre os 184 municípios cearenses, que deverão fazer a estratégia de vacinação.

    A primeira fase da 22ª edição da campanha, iniciada no dia 23 de março e finalizada no dia 15 de abril, atendeu grupos de idosos e trabalhadores da área de saúde. No Ceará, 100% da meta foi atingida, com a vacinação de 1.161.434 pessoas. Já na segunda fase, iniciada no dia 16 de abril, foram vacinadas 193.425 pessoas dos grupos prioritários, que incluem indígenas, caminhoneiros, motoristas e cobradores de transportes coletivo, além de trabalhadores portuários.

    Os idosos de 60 a 79 anos que não se vacinaram podem buscar um dos 113 postos de saúde da Capital. Já os idosos acima de 80 anos e/ou acamados, a Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza orienta que familiares busquem uma unidade de saúde para realizar o cadastro do usuário para que a Equipe da Saúde da Família (ESF) realize vacinação domiciliar.

    O Povo

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário