PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    07 maio 2020

    Dia das Mães: mesmo em casos de distância entre mães e filhos, isolamento deve ser mantido, diz advogada

    O Dia das Mães se aproxima e diante do isolamento social devido a pandemia do novo coronavírus muitas mães e filhos que não moram juntos devem passar essa data distante um do outro.
    No Jornal Alerta Geral desta quinta-feira (7), a advogada Ana Zélia Cavalcante falou sobre como as medidas mais rigorosas estabelecidas pelo estado e município para o combate da doença no Ceará têm impacto no convívio familiar.

    Na última terça-feira (5) o governador do Ceará, Camilo Santana, e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, anunciaram que a capital do estado adotará medidas mais rígidas para combater o novo coronavírus, como a proibição da circulação de pessoas, a partir desta sexta-feira (8) até o dia 20 deste mês.

    A população só poderá sair às ruas para buscar serviços essenciais, como atendimento de saúde, farmácias e supermercados. Também serão adotado bloqueios nas entradas da cidade.

    A advogada destaca que as determinações contidas no decreto estadual devem ser respeitadas. Diante da aproximação do segundo domingo do mês de maio, onde se comemora o Dia das Mães, a advogada ressalta que deve-se manter o isolamento social, mesmo diante da distância que alguns podem ter caso não estejam residindo com suas mães.

    “Utilizemos os meios de comunicação digital. Casais divorciados devem estimular o contato dos seus filhos com as suas mães caso elas não estejam em companhia dos seus filhos. É muito importante o respeito, tanto às regras de isolamento social como também as regras da boa convivência familiar”, diz Ana Zélia.

    Ceará Agora

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário