PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    09 maio 2020

    Infectologista diz que isolamento é insuficiente para conter avanço da Covid-19

    A imunologista Nise Yamaguchi, integrante do gabinete federal de combate à crise do novo coronavírus no país, afirmou à CNN nessa sexta-feira (8) que o isolamento social é insuficiente para conter o avanço da Covid-19.
     “No caso do Brasil, o vírus já entrou dentro das casas. Então, o mero isolamento social tem sido absolutamente insuficiente. Temos que ter um tratamento eficiente”, afirmou. 

    Segundo ela, é preciso ter um tratamento precoce, porque isso reduziria a evolução dos pacientes para quadros mais graves, “diminuindo a necessidade de internações nas UTIs [Unidades de Terapia Intensiva] e mortes”. 

    A médica disse que um tratamento precoce consistiria no uso da hidroxicloroquina, da azitromicina e do zinco do segundo ao quinto dia do início dos sintomas e em pessoas que têm risco moderado para agravamento. 

    “Isso faria com que se anulasse a quantidade de vírus e traria a possibilidade para o indivíduo melhorar”, disse. 

    Estudo em Manaus

    Nise citou também o estudo que ocorreu em Manaus e que foi em parte suspenso depois de uma análise verificar que houve maior número de mortes entre pacientes de Covid-19 submetidos a doses altas da cloroquina do que entre os tratados com uma dose menor do composto. 

    Segundo ela, o estudo gerou uma ideia de que o medicamento acarreta um efeito nocivo sobre o coração. 

    “Isso não é verdade. Em doses habituais, em pacientes que estejam sob controle, esse medicamento pode ser administrado com segurança”, afirmou. 

    CNN Brasil

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário