PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    9 de jun. de 2020

    Ceará e Fortaleza devem pegar empréstimo oferecido pela CBF a custo zero

    A linha de crédito anunciada pela CBF nessa segunda-feira (8) aos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro deve ser usada por Ceará e por Fortaleza neste período de paralisação dos esportes.
    No total, serão até R$ 100 milhões disponibilizados entre os 20 clubes, a juro zero.

    Os valores tem como garantia os contratos de direitos de transmissão das competições que as equipes disputam e os prêmios por desempenho nos campeonatos. 

    "O dinheiro é da Globo (relativo aos pagamentos que serão realizados pela Globo). Quem tiver pra tirar agora, pode tirar. A diferença é o juro zero. É provável que o Ceará vá usar. O problema é devolver ainda neste ano, que está comprometido", afirmou Robinson de Castro, presidente do Ceará, que analisa com cautela o uso desse recurso.

    Com a suspensão do patrocínio do Vovô e do Leão pela Prefeitura Municipal de Fortaleza, a alternativa do empréstimo é vista como positiva para o presidente tricolor, Marcelo Paz.

    "A princípio temos a intenção de usar nesse momento, sobretudo com essas perdas, como a da prefeitura. Importante esclarecer que o dinheiro não é novo, não é algo a mais, é algo adiantado. O lado bom é o juro zero", esclarece o mandatário.

    Esse apoio da CBF é uma medida para compensar o prejuízo financeiro dos clubes brasileiros durante a paralisação devido à pandemia do novo coronavírus.

    O especialista em economia do esporte, Fernando Ferreira, explica como deve ocorrer o empréstimo entre as partes. 

    "Esse recurso tem uma garantia: os recebíveis da Globo. Se a Globo disser que o clube já antecipou, esse dinheiro não estaria disponível. Se a Globo fizer um cronograma de recebíveis para liberar ao clube, isso altera o cronograma. Mas a CBF está disposta a dar o recurso no D+0 (resgate no mesmo dia). Você apresentou o recebível com o OK da Globo, a CBF te empresta e fica com o recebível pra ela", pontua Fernando.

    O valor estimado, porém não confirmado, é de R$ 5 milhões para cada clube da elite nacional.

    “Não basta que voltem as competições. Precisamos de clubes capazes de retornar a elas de forma competente”, diz Rogério Cabloco, presidente da CBF, na nota divulgada pela organização. 

    DN

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário