PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    13 de jun. de 2020

    Cientista explica por que o tempo passa mais devagar na quarentena

    A Terra leva exatamente 23,9 horas para dar uma volta ao redor de seu eixo, mas talvez você tenha notado que, durante a quarentena, o tempo parece passar mais devagar. Philip Gable, professor associado de Psicologia na Universidade de Delaware, afirma que a Ciência tem uma resposta para essa sensação: a culpa é do nosso estado emocional. As informações são do Mega Curioso.

    Gable dedicou 10 anos a pesquisas relacionadas à dinâmica de percepção de tempo e explica que, em seus estudos, chegou à conclusão de que pensamentos negativos tendem a desacelerar a maneira como enxergamos a passagem das horas – e que os positivos, por outro lado, aceleram. Como durante a pandemia acordamos todos os dias esperando por uma verdadeira montanha-russa emocional, bem, aí as coisas se arrastam mesmo.
    Graças a uma parceria com a Fundação Nacional da Ciência dos Estados Unidos, o pesquisador e sua equipe desenvolveram um aplicativo para registrar emoções, percepções e comportamentos de moradores do país norte-americano nestes tempos turbulentos.

    Baseados em dados mensais, eles foram capazes de rastrear o que acontece com o “relógio interno” das pessoas, explorando o que deu errado e a origem dos problemas. A análise dessas informações mostrou que o tempo nem sempre voa.

    Meio Norte

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário