PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    9 de jun. de 2020

    Corpo de vítima da Covid-19 é trocado por engano e levado para o Interior do Estado

    Uma vítima de Covid-19 teve seu corpo confundido com de outra pessoa e foi levada para o interior do Estado, em Quixeramobim, nesse domingo, 7.
    A confusão aconteceu após o agente funerário contratado pela família de Maria do Carmo Eugênio da Costa, 84, entrar no necrotério de um hospital da rede privada da Capital e se enganar ao pegar o corpo de outra pessoa. Ele estava acompanhado do filho da vítima, que havia protocolado a declaração de óbito.

    A família de Maria Miriam Farias, que foi transportada para Quixeramobim por equívoco, chegou ao hospital Fernandes Távora, localizado no bairro Álvaro Weyne, em Fortaleza, por volta de 8 horas do mesmo dia e não encontrou sua parente.

    De acordo com nota assinada pelo diretor da unidade privada, Luiz Fernando Porto Mota, o hospital providenciou um traslado do município de Santa Quitéria de forma a “amenizar os danos”. O diretor considerou ainda que o erro não foi cometido pelo hospital, mas “motivado pelo equívoco de terceiros”. Um fator determinante para o ocorrido, segundo ele, foi o temor pela contaminação da Covid-19, que “altera a condução normal das ações”.

    Em entrevista ao O POVO, Luiz Fernando afirmou que o hospital reforçará o sistema de segurança da unidade, inclusive com avaliação de instalação de câmeras dentro do necrotério. Ele enfatizou que os protocolos sanitários, como a exigência da presença de apenas uma pessoa por vez no necrotério, favoreceram o equívoco. O hospital, no entanto, seguirá apuração junto à funerária para investigar as causas do episódio.

    O Povo

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário