PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    11 de jun. de 2020

    Depois de morrer, você tem consciência que morreu, é o que indica estudo

    Muitas pessoas que vivenciaram a experiência de quase morte relatam fenômenos neurológicos e sensações bastante similares.
    Ao que tudo indica, chegar perto da morte traz um calor para o corpo, uma sensação de serenidade e calma e a aproximação de uma luz branca.

    Diversos estudos já foram conduzidos para tentar explicar como o cérebro reage à morte e, agora, um grupo de pesquisadores descobriu que os seres humanos têm consciência de que estão morrendo e, mais do que isso, sabem quando já morreram.

    Algumas evidências atribuem um certo fenômeno neurológico a uma experiência de quase morte. Para os médicos, a morte é atribuída à entrada de uma pessoa em parada cardíaca, com a cessação do impulso elétrico que promove os batimentos do coração. Mas para quem vivencia a morte, este fenômeno é caracterizado por uma onda de eletricidade que entra no cérebro momentos antes da morte cerebral.

    Um estudo de 2013, da Universidade de Michigan, examinou os sinais elétricos dentro da cabeça de ratos e descobriu que eles entraram em um estado de hiper alerta pouco antes da morte. Os cientistas estão começando a pensar que a morte provoca um comportamento elétrico anormal dentro do cérebro. Por isso, muitas pessoas que estiveram próximas da morte relatam ter enxergado uma luz branca. Essa luminosidade seria uma resposta ao aumento da atividade neural.

    Site Curiosidades

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário