PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    04 junho 2020

    Fake News que 'curam' covid-19 usam limão, boldo, alho...

    Pode ser uma intenção espontânea de ajudar ou mesmo uma vocação para confundir e fazer chacota com algo sério, que aflige muita gente.
    A realidade é que uma onda específica de fake news (notícias falsas) invadiu as redes sociais nos últimos três meses com receitas que prometem evitar a contaminação pela covid-19 ou até a cura da doença. Todas são rechaçadas com veemência por médicos e cientistas. 

    Há os que apregoam uma fórmula caseira com maçã, água de coco e inhame para enfrentar o inimigo número 1 do planeta neste momento. Bastaria beber essa mistura uma vez por dia depois de juntar tudo e bater no liquidificador. Os alimentos em questão são saudáveis, mas não têm nenhuma ação eficaz comprovada contra o coronavírus. 

    Mensagens que circulam pelas redes também dão conta de que alho, chá de alho e açafrão-da-terra são outras armas de prevenção à covid-19, assim como a junção de limão com mel ou doses diárias de chá de boldo. Tudo isso tem sido rebatido pela ciência que, no entanto, reconhece o benefício dessas ervas, raízes e frutas para o bom funcionamento do organismo. 

    Há ainda os que juram, de joelhos dobrados, que o vapor do eucalipto combate o vírus e que a água tônica é outro santo remédio para derrotar a pandemia. No caso do refrigerante, ele contém sulfato de quinino, a substância-pivô de uma polêmica que se arrasta há semanas e que opõe os que veem nela a cura da covid-19 e os que não a atribuem nenhum poder no combate ao coronavírus. 

    Mesmo que haja uma ação real do quinino nessa batalha, a concentração desse elemento no refrigerante é tão pequena que não faria nenhuma diferença no eventual enfrentamento do vírus – informação já veiculada em sites como o da Sociedade Brasileira de Medicina. 

    Fake News podem nascer sem que essa seja a intenção de quem as promove. Recentemente, a atriz Claudia Raia, em entrevista a Adriane Galisteu, afirmou que se curou da covid-19 graças ao consumo de um chá feito com água, gengibre ralado, cúrcuma, pimenta do reino preta e manjericão. Sua declaração foi apontada por especialistas como inoportuna. 

    Não há nada, cientificamente, que possa provar que essa mistura teve algum efeito na recuperação da atriz. Mas, a mensagem já ganhou força nas redes sociais como algo certeiro e ainda com o adendo de que a fórmula “só não é divulgada para que as pessoas continuem comprando remédios”. 

    Topbuz

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário