PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    9 de jun. de 2020

    Moraes, do STF, ordena que Ministério da Saúde divulgue dados integrais sobre Covid-19

    O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na segunda-feira à noite que o Ministério da Saúde volte a divulgar diariamente todos os dados epidemiológicos relativos à pandemia de Covid-19 no país, inclusive no endereço eletrônico da pasta, com os números acumulados de ocorrências da doença respiratória causada pelo novo coronavírus. 

    Moraes atendeu parcialmente a um pedido de liminar da Rede, do PCdoB e do PSOL que buscava que o governo do presidente Jair Bolsonaro divulgue diariamente, até as 19h30, dados detalhados sobre a pandemia de Covid-19, informaram os partidos neste domingo. 

    O ministro do STF deu 48 horas para o governo cumprir a decisão e retornar a divulgação dos dados da forma como fazia desde o início da pandemia no país até o último dia 4 de junho. 

    A decisão do Supremo ocorreu pouco depois de o ministério —em meio a críticas de falta de transparência feitas por autoridades do Congresso, do Judiciário e de especialistas— ter recuado de decisão anteriormente anunciada de divulgar somente às 22h os dados de novos infectados e mortos por Covid-19 no país e anunciar que a apresentação das informações consolidadas será mais cedo, por volta das 18h. 

    Temporariamente, o governo mudou a forma de divulgação de dados a partir de sexta-feira, passando a informar somente os números de casos, mortos e recuperados novos nas últimas 24 horas, sem dar publicidade aos números totais acumulados da doença. 

    Bolsonaro chegou a ironizar e defender na semana passada a divulgação dos dados às 22h afirmando: “Acabou matéria no Jornal Nacional”, numa referência às reportagens do telejornal de grande audiência da TV Globo. Bolsonaro tem sido forte crítico da cobertura da imprensa durante a pandemia do novo coronavírus. 

    Topbuz

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário