PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

FM MAIOR 93,3

  • Notícias

    4 de jun. de 2020

    Presidente do TSE diz que eleitor não poderá usar álcool gel antes de votar

    O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro Luís Roberto Barroso, disse que já tem pensado em medidas de cautela na realização das eleições, como o uso de máscaras, o distanciamento social e a elaboração de uma cartilha com recomendações.

    Barroso também afirmou que o eleitor não poderá utilizar álcool gel antes de votar já que corre-se o risco de danificação do aparelho.  

    "Confesso que eu tenho conversado mais com epidemiologistas, sanitaristas, do que juristas de uma maneira geral (...) Parte das minhas conversas tem sido em medidas de cautela durante as eleições, que vão desde o uso de máscara para mesários e eleitores, até uma farta distribuição de álcool gel —o país está sem dinheiro, mas vamos buscar na iniciativa privada. E outras medidas de segurança, como distanciamento social. E já começamos a detalhar uma cartilha com recomendações de proteção ao eleitor", disse ele.

    "E tem outro detalhe que apuramos: não pode passar álcool gel antes de ir à urna, porque danifica a urna. Mas teremos álcool gel na saída da cabine. Portanto, estamos pensando no passo a passo para a proteção do eleitor", acrescentou.

    Barroso disse também que o mês de junho é o prazo para definição de adiamento ou não das eleições municipais previstas para o mês de outubro em todo o Brasil por causa da pandemia do novo coronavírus, que já matou mais de 32,5 mil pessoas no país.

    "Certamente, há um prazo limite e acho que estamos nos aproximando deste prazo. Acho que ao longo do mês de junho precisamos ter uma definição sobre a realização ou não das eleições previstas para outubro. As convenções partidárias têm como prazo limite [o dia] 5 agosto e penso que seja de toda a conveniência ao longo desse mês de junho nós definirmos o adiamento ou não", afirmou o ministro.     

    Topbuz

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário