PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    10 março 2021

    Prefeitura de Quixadá divulga Nota sobre a vacinação de profissionais da saúde e idosos

    A Prefeitura de Quixadá possui um Plano Municipal de Vacinação, construído a partir das recomendações estabelecidas pelo Plano Nacional de Operacionalização (PNO),  orientações da Secretaria de Saúde do Estado (Sesa) e  recomendações do Ministério Público do Ceará (MPCE). O plano é rigorosamente obedecido. Até o momento quase 1.300 idosos em Quixadá já foram vacinados, e quanto aos profissionais de saúde, todos aqueles que atuam na linha de frente do combate à pandemia, já foram imunizados.

    O PNO orienta que após cumprida a meta de imunizar os que atuam na linha de frente, todos os demais profissionais da saúde devem ser vacinados, mesmo que não atuem diretamente no combate da pandemia na rede pública, uma vez que se classificam como do grupo prioritário, de acordo com as normativas do Ministério da Saúde. Em edição do PNO datada de 29 de janeiro último, os profissionais de educação física passaram a ser considerados profissionais de saúde, e, portanto, se enquadram no grupo prioritário.

    As doses que têm sido enviados a Quixadá chegam já destinadas a grupos previamente estabelecidos pela Sesa, um controle rigoroso feito a partir de notas fiscais e documentos que definem a forma de utiliza cada lote, em pacientes de determinado grupo, sendo os da Astrazeneca (Fiocruz) especificamente para idosos, e os lotes da Sinovac (Butantan) especificamente em trabalhadores da saúde, conforme documento que pode ser consultado aqui.

    Através deste controle não se torna possível utilizar lotes destinados a grupos de idosos para vacinar profissionais de saúde ou vice-versa. Essa irregularidade logo seria constatada através do preenchimento das informações fiscais, razão pela qual torna insustentável a hipótese de que o município estaria priorizando a vacinação de profissionais da saúde em detrimento aos idosos.

    Veículos de comunicação que num período de pandemia como o que atravessamos, se prestam a fazer um desserviço como tal, invocando uma onda de revolta na população com base em informações distorcidas, promovem um verdadeiro atentado à boa fé e ao responsável e criterioso trabalho que vem sendo desenvolvido em Quixadá. Estes, não merecem gozar de nossa atenção nem de nosso respeito. Esta nota, portanto, é destinada à população quixadaense, para que esteja ciente de que a imunização como forma de combater a pandemia é feita sob total transparência e em respeito aos que aguardam pela dose.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário