PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    29 julho 2021

    Exportação de jumentos pode levar a extinção do símbolo nordestino

    O crescimento do abate de jumentos para comercialização da pele no mercado externo pode levar à extinção da espécie no Brasil. O alerta é dos pesquisadores da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP.

    Segundo os dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o abatimento cresceu mais de 8.000% entre 2015 e 2019, quando 91.645 animais foram mortos. “Mantido o ritmo atual de abate, a existência da espécie está ameaçada, pois a taxa de reprodução dos animais não acontece na mesma velocidade”, explica a pesquisa.

    O abate de equídeos, como cavalos, mulas e jumentos, é aprovado no Brasil, porém, boa parte do mercado mundial ocorre ilegalmente. Os pesquisadores explicam que muitos jumentos vendidos para fora são capturados, roubados ou comprados a baixo preço, o que coloca em risco a saúde animal e humana.

    O jumento é símbolo do Nordeste, sendo agente histórico na construção das cidades do sertão. Do passado até os dias atuais, eles são usados como força de tração.

    Sertão Alerta

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário