PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    19 janeiro 2022

    Após protestos de servidores Mourão afirma não haver espaço no orçamento para aumento de salários



    Após uma terça-feira marcada por manifestações de funcionários públicos federais, com atos em frente às sedes do Banco Central e do Ministério da Economia, em Brasília, o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, afirmou que não há espaço no Orçamento para reajuste de servidores federais. Contudo, Mourão disse que é preciso esperar o presidente da República, Jair Bolsonaro, “bater o martelo”.

    O vice-presidente admitiu que nem o aumento salarial a policiais, como havia sido prometido por Bolsonaro, está garantido.

    “Não sei nem se o presidente vai conceder isso aí. Não sei, vamos aguardar o presidente bater o martelo nisso aí. O espaço orçamentário é muito pequeno”, disse.

    O movimento que gerou a mobilização desta terça-feira, começou com uma entrega de cargos na Receita Federal e no Banco Central, ainda em 2021. Aos poucos, ganhou a adesão de servidores do Tesouro Nacional, professores, auditores fiscais agropecuários, entidades ligadas aos Poderes Legislativo e Judiciário, entre outros. Estão previstos mais atos nos dias 25 e 26 deste mês e há um indicativo de greve geral para fevereiro.

    Mais de 40 categorias do serviço público decidiram ir às ruas nesta terça. O Fórum das Carreiras de Estado (Fonacate) estima que cerca de 1.000 servidores devem comparecer aos protestos em Brasília, além das manifestações virtuais.

    Blog do Marcos Pinto

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário