PROGRAMA DO ROCHINHA

De Segunda a Sexta, das 6h às 7h, na FM MAIOR DE BATURITÉ 93,3. E-mail: programadorochinha@gmail.com - Fone: (85) 3347-1177 WhatsApp: (85) 9 9156-2117

  • Notícias

    13 junho 2022

    ‘’Qualquer um no lugar da Izolda teria a prerrogativa da reeleição’’, diz Camilo sobre a escolha do nome ao Governo do Estado



    O ex-governador Camilo Santana adota o diálogo de um homem moderado, ponderado, mas com uma convicção ao falar sobre a escolha do nome da aliança liderada pelo PDT ao Palácio da Abolição: como é governadora, Izolda Cela, segundo Camilo Santana, tem a prerrogativa de pleitear a reeleição. Essa preferência valeria para qualquer um que estivesse à frente do Governo do Estado.

    “Parto do princípio que ela (Izolda) tem a prerrogativa de…se coloque, qualquer um, que estivesse no lugar dela, assumindo o Governo do Estado, teria a prerrogativa de ir para uma reeleição’’, expõe Camilo, para, em seguida, deixar claro: ‘’Essa é a minha análise, porém, caberá, primeiro, a discussão dentro do PDT, a quem nós respeitamos e, também, a discussão com os aliados’’. Segundo, ainda, Camilo, Izolda representa o que há de melhor na história política do Ceará.

    Ao focar nas manifestações de carinho e respeito pela Governadora Izolda Cela, Camilo destaca a trajetória de quem ajudou a fazer as maiores transformações no ensino público do Ceará e o papel exercido, como vice-governadora, de forma discreta, leal e de compromisso com os interesses da população.

    ‘’Primeiro, eu devo muitas homenagens a Izolda. A Izolda, repito, é uma mulher, que foi secretária comigo na época do Governador Cid, foi quem começou esse projeto que é a maior referência hoje do Ceará a nível de políticas públicas para o País, que é a educação. A Izolda, além do papel como professora e educadora, esteve ao meu lado ao longo de 7 anos e 3 meses nos momentos difíceis, no momento da pandemia, do motim, sempre ao meu lado, sempre uma pessoa discreta’’, observa Camilo, ao considerar que, como governadora, Izolda deve ter a prerrogativa para concorrer a um novo mandato.

    Ceará Agora

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário